TIpos de fixação para corte em router cnc

Você sabe mesmo como fixar os materiais dos seus cortes na mesa de sacrifício? Existem algumas boas possibilidades e é sobre elas que vamos falar hoje.



Um dos fundamentos básicos sobre a utilização de uma máquina como a Router CNC, é ter mente as formas de fixar seu material, para que, claro, ele não sofra locomoções durante o corte, visto que isso pode causar deformidades, além de possivelmente te fazer perder todo o seu material. Porém, cada método de fixação, ainda é relativo e cada um pode e deve ser utilizado levando em conta não apenas o material, mas também o corte e o tamanho do material.


FIXAÇão por PARAFUSO


O método mais utilizado e até recomendado para quem já opera uma máquina mas tem poucos recursos financeiros é trabalhar com a fixação à base de parafusos, ou seja, você abre um buraco nos cantos dos materiais e por consequência na mesa e depois entra com o parafuso. Como pontos positivos, o parafuso é uma economia de dinheiro, mas é um tempo gasto que pode ser diminuído levando em consideração um outro tipo de fixação ou um investimento em uma parafusadeira, que facilita tanto a furação quanto o aparafusamento do material na mesa. De um modo geral, aqui na PD Studio, costumamos utilizar a fixação com parafusos, para corte de acrílico ou ACM que são materiais muito rígidos e com outras formas de fixação poderiam trincar e você poderia perder o material como um todo.


fixação por PINO

Se você possui um pouco mais de capital reservado para investimentos na sua produção, é interessante a troca do método de parafusar pelo método que envolve a fixação através de pinos, porém, é necessário um investimento um pouco alto, já que a melhor opção são os pinadores pneumáticos, levando em conta a força da ferramenta para conseguir atravessar diversos tipos de materiais. Mas por ser pneumático, é necessário ainda a aquisição de um sistema de compressão de ar para que a pistola de pinos funcione, porém, analisando o todo, muito menos tempo é jogado fora quando utilizamos esse método de fixação, afinal, podemos fixar o material em alguns rápidos segundos, além de que, na hora de retirar o material da mesa, nós podemos utilizar apenas uma chave de fenda e com uma alavanca, retirando o material, normalmente ainda com o pino.

O interessante é que assim como os parafusos, que possuem diversas dimensões, nós podemos adquirir pinos de desde 10mm até pinos de cerca de 50mm, o que nos permite transpassar materiais usuais como materiais de 18mm e materiais como madeiras maciças de fibra mais mole até mesmo materiais de 30mm. O ideal para a utilização dos pinos, é fixar materiais que realmente possam ser transpassados, como madeiras maciças de baixa dureza, compensados, MDFs, PVC Expandido e outros materiais.


fixação por CALÇOS


Em alguns materiais ou projetos muito específicos que não podem ser transpassados, o recomendado é fazer uma fixação com o auxílio de calços. Mas como fazemos isso? Aqui na PD, nós costumamos colocar calços em todas as laterais do material, evitando que ele se locomova durante o corte e assim, preservando a qualidade do corte, bem como a estrutura do material. Porém, é importante salientar que alguns materiais de baixa espessura tendem a subir junto com o movimento de rotação da fresa, e por isso é necessário uma fixação ainda que manual, na parte superior do corte.

Ficou com alguma dúvida o necessita de um orçamento?

Entre em contato pelo e-mail contato@pdstudio.com.br.

#cortealaser #guiadecortealaser #manualdecortealaser #laser #guia #manual #gravaçãoalaser #scanlaser #personalizaçãolaser

Posts recentes

Ver tudo